As melhores 5 empresas de Fornecedores de Água

Como é feito abastecimento de água?

Abastecimento de água nas cidades é feito por empresas públicas por se tratar de um serviço público (mesmo quando executados por empresas particulares, os serviços de abastecimento de água são considerados serviços públicos). Depois de tratada, a água é armazenada em reservatórios de distribuição para, depois, ser levada até os reservatórios de bairros, estrategicamente localizados. De lá, a água segue por tubulações maiores (adutoras) e entra nas redes de distribuição até chegar ao consumidor final. Normalmente, o armazenamento nas residências do consumidor é feito através de caixas d'água. A responsabilidade das empresas públicas de distribuição de água é levá-la até a entrada das residências, onde estão o cavalete e o hidrômetro (o relógio que registra o consumo de água). A partir daí, o tratamento, conservação e utilização da água é de responsabilidade do consumidor. Para manter a água em bom estado, é preciso cuidar das instalações internas e da limpeza e conservação dos reservatórios, garantindo que não haja contaminação ou desperdício da água.

Para que isso aconteça, é preciso realizar uma limpeza periódica – a cada seis meses – nas cisternas e caixas d'água das residências. Além disso, elas precisam ficar devidamente fechadas, evitando a contaminação por insetos e sujeira. Também é de responsabilidade do consumidor verificar se não há vazamentos, evitando o desperdício da água.


Como é tratada a água que chega em nossas casas?

O abastecimento de água feito por empresas responsáveis por abastecer cada município do Brasil inicia-se pela captação da água no meio ambiente. Após isso, é realizado um tratamento adequado dessa água in natura para torná-la potável. Após isso, em última instância, há a distribuição final até os consumidores, em quantidade suficiente para suprir suas necessidades de consumo. Esse sistema pode ser dimensionado para pequenas populações ou para grandes metrópoles, dependendo da necessidade da localidade. Esta água disponibilizada pelas empresas de fornecimento pode ser utilizada para fins de consumo doméstico, serviços públicos, consumo industrial etc.

Quais são as etapas do tratamento da água?
As etapas que compõe a captação e distribuição pelas empresas de abastecimento de água são:

1) Captação: a água é captada em mananciais superficiais (barragens, lagos, etc) ou subterrâneos (poços);

2) Adução: a água captada nos mananciais é bombeada até as Estações de Tratamento de Água para que possa ter tratamento adequado, a fim de torná-la livre de impurezas;

3) Tratamento: através de uma série de processos químicos e físicos, a água bruta torna-se potável para que possa ser distribuída à população. O processo de tratamento de água a livra de qualquer tipo de contaminação, evitando a transmissão de doenças. Veja abaixo essas as etapas usuais no tratamento da água:

- Coagulação: Quando a água na sua forma natural entra na Estação de Tratamento de Água, ela recebe uma determinada quantidade de sulfato de alumínio, que serve para aglomerar partículas sólidas que se encontram na água (a argila e o barro, por exemplo).

- Floculação: Após isso, nos tanques de concreto com a água em movimento, as partículas sólidas se aglutinam em flocos maiores.

- Decantação: Por ação da gravidade, os flocos com as impurezas e partículas ficam depositadas no fundo dos tanques, separando-se da água. Dessa forma, a decantação ajuda a facilitar a remoção dessas partículas de sujeira que se depositam no fundo do tanque.

- Filtração: a água passa por filtros formados por carvão, areia e pedras de diversos tamanhos. Nessa etapa, as impurezas de tamanho pequeno (que não foram eliminadas no processo de decantação) ficam retidas no filtro.

- Desinfecção: Aplica-se cloro na água para eliminar microorganismos causadores de doenças, eliminando os risco de contaminações.

- Fluoretação: Aplica-se flúor na água para prevenir a formação de cárie dentária em crianças.

- Correção de PH: Aplica-se cal hidratado ou carbonato de sódio na água para corrigir o seu PH e preservar a rede de encanamentos de distribuição.

4) Reservação: Após este processo de tratamento, a água é bombeada até reservatórios para que fique à disposição da rede distribuidora;

5) Distribuição: a parte final do sistema, onde a água é efetivamente entregue ao consumidor, pronta para ser consumida.


Quais são as causas da escassez de água?
O principal motivo para a falta de água nas cidades é a ausência das chuvas. Esse período – conhecido como estiagem – quando demora mais tempo que o necessário diminui o nível de água dos reservatórios e prejudica o abastecimento das residências.

No Brasil, existe uma área chamada Polígono das Secas, que compreende a maioria dos estados da região nordeste, além da parte norte do estado de Minas Gerais, no sudeste. A seca nesses locais acontece graças a causas naturais, ocorrendo quando a chamada zona de convergência intertropical não consegue se deslocar até a região Nordeste entre o verão e o outono, principalmente nos períodos de El Niño. Diferente da estiagem, que é passageira, a seca é um estado mais demorado, que pode durar anos.

Mas não é somente o nordeste brasileiro que enfrenta a estiagem. Entre 2004 e 2006, foram registrados períodos de estiagem na região sul e na região Amazônica. Atualmente, o estado de São Paulo vem enfrentando uma grave falta d’água.

Especialistas acreditam que os fatores que desencadearam esse problema em São Paulo são o consumo exagerado de água, a falta de alertas à população quanto aos níveis dos reservatórios e o baixo índice de chuvas – o menor dos últimos 100 anos.

Para tentar amenizar a situação de São Paulo, está havendo uma conscientização da população e estão sendo concedidos bônus nas contas de água que apresentam redução de consumo.

Sejam essas as causas da falta d’água ou problemas relacionados à tubulação que leva à água para as residências, os carros pipas podem ajudar a amenizar do abastecimento irregular ou escasso. Por isso, tenha sempre à mão o telefone de uma empresa de carros pipa.
A cidade do Rio de Janeiro capital do estado homônimo fica na região Sudeste do país. É a cidade de mais escolhida pelo turismo internacional no Brasil, conhecida popularmente como “Cidade Maravilhosa”. Tem população estimada em 6 498 837 cariocas segundo IBGE 2016. É sede das duas maiores empresas brasileiras - a Petrobrás e a Vale, e das principais companhias de petróleo e telefonia do Brasil. Representa o segundo maior PIB do país, é o segundo maior polo de pesquisa e desenvolvimento e Foi capital do Brasil Colônia a partir de 1763. Na cidade houve muitas mudanças ao longo dos anos desde o período da colonização portuguesa e invasão estrangeira. Foi urbanizada e teve toda sua estrutura reorganizada a começar pelo centro da cidade, no surgimento dos cortiços até as favelas. A cidade conta com parques e reservas ecológicas, como o Parque Nacional da Tijuca, considerado Patrimônio Ambiental e Reserva da Biosfera. Mas a cidade tem enfrentado sérios problemas de poluição ambiental. A Baia de Guanabara perdeu áreas de manguezal e sofre com resíduos provenientes de esgotos domiciliares e industriais, óleos e metais pesados. O Rio tem lindos lugares para se visitar e conhecer, espaços históricos como museus, bibliotecas e monumentos para se visitar e aprender sobre a história da cidade e seus acontecimentos. Seus pontos turísticos são encantadores e únicos, há muitos lugares para se ver que em um só dia não chega nem a metade dos lugares que se tem a conhecer. Os mais populares e mais procurados são o Parque Lage, Floresta de Tijuca, Complexo da Quinta da Boa Vista, Jardim Botânico, o Jardim Zoológico do Rio, O Pão de Açúcar e o Bondinho, e claro as lindas praias que ficam na Zona Sul e Zona Oeste do Rio. Há tanta opção de locais a pra se curtir que se pode escolher entre momentos de relaxar com a família passeando pelos parques, momentos mais radicais como trilhas ou voar de asa delta, conhecer a cidade a noite entre os bares e casas de show em centenas de bairros da cidade. E claro o famoso e belo Carnaval que atrai turistas do mundo inteiro que querem conferir de perto essa festa linda que acontece todo ano com desfile das Escolas de Samba, com carros alegóricos exuberantes e temáticos, as fantasia criativas, a bateria que dá vida a Avenida na Marquês de Sapucaí ( Sambódromo) e os blocos nas ruas da cidade para turistas, cariocas e foliões em geral, onde tudo vira festa.
A Barra da Tijuca é um dos bairros mais nobres da Zona Oeste do Rio de Janeiro e se encontra localizada entre os bairros Joá, São Conrado, Jacarepaguá, Recreio dos Bandeirantes, Camorim e Itanhangá. A população que habita a Barra da Tijuca é, majoritariamente, de classe alta. Para atender a esse público, o bairro conta com a maior concentração de supermercados e Shopping Centers de toda a cidade, como o Barra Shopping, o Shopping Downtown, o New York City Center, o Via Parque e o Shopping Rio Design Barra. A Barra, como é popularmente conhecida, também é um dos poucos bairros do Rio de Janeiro que possui condomínios autônomos que contém lojas, escolas, igrejas, restaurantes e opções de lazer em um mesmo espaço, destinado aos moradores do local, oferecendo maior comodidade.

A Barra da Tijuca possui três vias principais: a Avenida das Américas, que percorre todo o bairro, no sentido Recreio dos Bandeirantes, a Avenida Ayrton Senna, que se inicia na Praia da Barra da Tijuca e liga o bairro à Jacarepaguá e à Linha Amarela e a Avenida Lúcio Costa (antiga Avenida Sernambetiba), que acompanha a orla da praia e se estende até o final da praia do Recreio dos Bandeirantes. O acesso à Barra da Tijuca utilizando ônibus acontece, principalmente, através das linhas que partem do Terminal Alvorada, localizado no centro do bairro, para diversos pontos da cidade. São 40 linhas disponíveis para o usuário, aproximadamente. A Barra da Tijuca também se prepara para receber o serviço de Metrô, previsto para 2016, dando suporte à demanda de passageiros que surgirá devido às Olimpíadas. A Barra sediará grande parte dos Jogos Olímpicos. Nela, se encontra a Vila Olímpica dos Atletas.

Também na Barra da Tijuca localizam-se as sedes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A Praia da Barra, a Praia da Reserva e a Praia do Pepê são muito utilizadas para a prática de surf e de ciclismo, nas ciclovias de suas orlas, além de serem uma excelente opção de lazer, que atrai visitantes de diversas partes do Rio de Janeiro. O cinema também é uma atividade de lazer muito valorizada na região. Ao todo, são 62 salas de exibição de filmes. Outras opções de lazer da Barra da Tijuca são o Teatro dos Grandes Atores, o Teatro Antônio Fagundes, o Centro Cultural Suassuna, a casa de shows Ribalta e, futuramente, a Cidade da Música – maior sala de concertos da América Latina.
Água Certa - Solução para Fornecimento de Água em Barra da Tijuca
 (0) Avaliações. Avalie esta empresa

Avenida Embaixador Abelardo Bueno, 977 Cs 2
 Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

Info

Águas Cristalinas em Barra da Tijuca
 (0) Avaliações. Avalie esta empresa

Avenida Ayrton Senna, 1791 Sl 406
 Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

Info

Águas Duca em Barra da Tijuca
 (0) Avaliações. Avalie esta empresa

Avenida Sernambetiba, 3300 Bl. 5 - Ap. 2603
 Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

Info

Gelo do Júnior em Barra da Tijuca
(1) Avaliações

Avenida Ayrton Senna, 1791 bx 3H
 Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

Info

Gelox em Barra da Tijuca
 (0) Avaliações. Avalie esta empresa

Avenida Ayrton Senna, 1791 BXH2
 Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ

Info

img institucional

Apareça para o consumidor na hora exata em que ele precisa dos seus produtos e serviços.

Conquiste leads qualificados para seu negócio. Fazemos a gestão de sua campanha de Google Ads e Facebook

logo conexao mercado img institucional
anterior
Página 1 de 1
anterior